quarta-feira, 15 de março de 2017

Música

"Eu preciso de música que flua
Por meus dedos inquietos e sensíveis,
Por meus lábios trêmulos, irascíveis,
Com melodia, lenta, clara e crua.
Ah, a doce ginga que continua,
De alguma canção que afasta o desgosto,
Uma canção como água no meu rosto,
Que me molha inteira, lavada e nua!
Há um feitiço que é da melodia:
Magia do sossego, respirar
Calmo, que mergulha no fim do dia
Pela mansidão profunda do mar,
E flutua pra sempre no abandono,
No regaço do ritmo e do sono."
(Elizabeth Bishop, in "I am in need of music".)
Tradução:Jorge Pontual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: