segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

OS CONTOS INFANTIS COMO LITERATURA, NA FORMAÇÃO HUMANA E NA EDUCAÇÃO: ALGUNS ASPECTOS





OS CONTOS INFANTIS COMO LITERATURA, NA FORMAÇÃO HUMANA E NA EDUCAÇÃO: ALGUNS ASPECTOS

 Luciana Aparecida de Araújo Penitente1 lucianapenitente@marilia.unesp.br Rosane Michelli de Castro2 rosanemichelli@marilia.unesp.br

RESUMO: As reflexões tecidas neste texto decorreram de inúmeros questionamentos acerca da necessidade de se considerar a importância dos contos infantis como literatura, na formação humana e na educação. Nesse sentido, abordam-se, num primeiro momento, aspectos históricos da origem e trajetória dos contos infantis. Após isso abordam-se, ainda que brevemente, alguns fundamentos discutidos entre Habermas e Mead sobre a construção da intersubjetividade humana que pode ser propiciada pelos contos infantis e a conquista da individuação e socialização. Por /m, são abordados aspectos a partir dos quais se espera contribuir para as reflexões sobre educação, centralmente sobre a educação de crianças em processo de escolarização.

PALAVRAS-CHAVE:Educação; Literatura; Contos infantis; Formação humana

 1 Professora Assistente Doutora – Faculdade de Filoso/a e Ciências – ffc-Unesp/ Marília.
 2 Professora Assistente Doutora – Faculdade de Filoso/a e Ciências – ffc-Unesp/ Marília. 196 penitente, l. a. a.; castro. r. m. OS CONTOS INFANTIS COMO LITERATURA

http://www.revistas.usp.br/linguaeliteratura/article/viewFile/97575/96448 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: