quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Cunha:episódio do Cunha mostra bem como funciona o jornalismo de Brasília.

Por Nilson Lage:
“Esse episódio do Cunha mostra bem como funciona o jornalismo de Brasília.

Como os fatos são públicos e notórios, interpretá-los dá muito trabalho e analisá-los buscando estabelecer quadros abalizados de situação exigiria independência, informação ampla, cultura política, autonomia e qualidade de texto que ninguém tem, a coisa funciona da seguinte maneira:

1. Trata-se de adivinhar o futuro;
2. Políticos ‘acessíveis’ e jornalistas que os acessam discutem o que vai acontecer;
3. Decidem que vai acontecer tal ou qual coisa;
4. Combinado isso, cada jornalista vai contar a história (sem fontes) conforme a orientação de seu veículo, dando por favas contadas aquilo que a ‘comunidade’ resolveu que ‘vai ser’. Cada um valida o outro;
5. Se for, tudo bem — as razões são as previamente anunciadas;
6. Se não for, ‘o governo’ (ou quer que seja) ‘recuou’ — e aí se especula sobre os motivos do ‘recuo’.
Há algumas variantes. 
Chamam isso de reportagem política.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: