domingo, 28 de junho de 2015

Toda forma de amor vale a pena!







Artigo XI    
Fica decretado, por definição, 
que o homem é um animal que ama  
e que por isso é belo, 
muito mais belo que a estrela da manhã. 


Thiago de Mello
Os Estatutos do Homem
(Ato Institucional Permanente)
A Carlos Heitor Cony



Toda forma de amor vale a pena!
Concordo.
Amor pelo homem da minha vida,amor pelo filho,amor pela arte, amor pela vida, amor pelo cão, amor pelo amor.

Os “dias de” foram criados para expressarmos o amor.
Dia dos pais. Dia das mães. Dia dos namorados. Dia das
crianças (dia dos filhos)-Dia das avós.Dia do índio.Dia do negro.
Hoje é Dia do orgulho LGBT.

Cadê o dia do caipira. Cadê o dia do branco.Dia da loira.Cadê o Dia do Magro. Cadê o Dia do gordo. Dia do muito alto.Dia do baixinho. Dia do careca.

A partir de hoje inauguro o Dia do homem sábio.

E ao criar esta data, eu a dedico a todas as pessoas que amam a todos- sem distinção de cor- raça- idade-opção sexual-magreza –estatura- opção religiosa-profissão...

A maturidade cultural e a evolução humana necessitam urgentemente trabalhar a igualdade das pessoas sem levantar bandeiras coloridas- ou não. Não sou a favor do casamento gay. Não sou contra o casamento gay. E não estou em cima do muro. Sou a favor da liberdade. Thiago de Mello- em seu poema dedicado a Carlos Heitor Cony- escreveu: "Fica proibido o uso da palavra liberdade,a qual será suprimida dos dicionários e do pântano enganoso das bocas.A partir deste instante a liberdade será algo vivo e transparente como um fogo ou como um rio, e a sua morada será sempre o coração do homem."

Sou a favor de que cada um seja o que deseja ser.Segregar os seres humanos pela cor da pele, pela raça... Para mim é retroceder séculos e partir da premissa de que devemos lutar para ter o direito de ser quem somos. Enquanto se erguem bandeiras para defender o amor, o ódio vai sendo tecido na alma e na mente humana.Drummond, já o disse, como somente ele sabe dizê-lo: "Porque o amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo..."

Respeito e amor não se conquista por decretos. Se há amor há respeito.E o amor não precisa de defesa. O amor deve ser a razão em si mesmo.
O amor necessita ser vivido, vivenciado compartilhado.
Quando isso de fato ocorrer, cada um de nós há de sentir o orgulho de ser o que é




Rosa Maria Olimpio

27 de junho de 2015.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: