quarta-feira, 24 de junho de 2015

Para longe do Lago Paranoá




e numa tarde quente vou-me embora de Brasília num submarino do Lago do Paranoá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: