quinta-feira, 21 de maio de 2015

Joaquim Pessoa - Guardar o fogo (por José-António Moreira)




Peço-te, não pises as violetas que trago no olhar.
Cheiram a ti.São para ti.
Um buquê de palavras que floriram
Nesse tempo de amor.

(Joaquim Pessoa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: