terça-feira, 3 de março de 2015

Uma Rede de fios tecendo poesia junto com o tecido da vida





Uma Rede de fios tecendo poesia junto com
 o tecido da vida


Busquemos expandir a noção de letramento para entendê-lo como as formas que as práticas de leitura e de escrita realmente assumem em determinados contextos sociais.
Importante ter a lucidez de que a leitura e a escrita não se limitam à linguagem verbal, mas incorporam modos variados (multimodalidade) e diversos tipos de letramentos (multiletramentos) em nossa vida diárias.
É “Tecendo o fio da vida, da  valorização do trabalho na escola e na vida cotidiana”, que  nós professores, de todas as áreas e disciplinas poderemos desenhar caminhos novos e inovadores para nossas crianças e nossos jovens. Necessário se faz estarmos alicerçados na concepção mais crítica de letramento de um agente leitor/a-escritor/a que domina amplos e variados recursos semióticos, gêneros textuais e seus diferentes graus de formalidade, distribuídos e organizados socialmente para participar ativamente das práticas sociais e, inclusive, para poder intervir em tais práticas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: