quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Nunca é tarde.


Um comentário:

Moacir disse...

Em cada recomeço os mapas já não são mais os mesmos, pois passamos a caminhar mais com os sentidos e menos com os olhos, pois "o essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração".

Doce abraço!

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: