sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Encontro.



Não havíamos marcado hora, não havíamos marcado lugar. E, na infinita possibilidade de lugares, na infinita possibilidade de tempos, nossos tempos e nossos lugares coincidiram. E deu-se o encontro.
                      Rubem Alves

2 comentários:

Will disse...

O melhor de tomar banho de chuva é isto: não se programar, ela chega e nos surpreende, aí, só nos resta lavar a alma e sentir todo o gosto dela escorrendo pelos lábios, enquanto ela acaricia nossos cabelos, nossa pele, nossa existência...

rosadaserra disse...

A poesia nos lava a alma... Meu poeta, chove estrelas em meu dia.
Que sua semana seja de cores, flores e sabores.
Saborosas emoções, deliciosas realizações.

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: