quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

E a cada passo que dou uma nova surpresa. Ando encontrando coisas lindas pelo caminho, flores de delicadezas. E há quem chame isso de sorte ou de destino. Mas eu, prefiro chamar de Deus.

3 comentários:

Will disse...

Bonita caminhada...

Aproveito para desejar um natal maravilhoso para você e sua família, com direito a cometa raro riscando o céu da tua imaginação...

rosadaserra disse...

Um caminhante poeta a cruzar meu caminho e a enfeitá-lo com a mágica arte de tecer palavras e viver poesia.
Desejo feliz natal a você e aos seus familiares e amigos.
A rosa que é, e sempre será, do alto da serra, deseja somente tornar mais suaves as horas e ser grata a cada pulsar da vida.

Will disse...

"Sempre houvera, no planeta do pequeno príncipe, flores muito simples, ornadas de uma só fileira de pétalas, e que não ocupavam lugar nem incomodavam ninguém. Apareciam certa manhã na relva, e já à tarde se extinguiam. Mas aquela brotara um dia de um grão trazido não se sabe de onde, e o príncipezinho vigiara de perto o pequeno broto, tão diferente dos outros."
(Exupéry)

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: