domingo, 6 de junho de 2010

Gêneros textuais que circulam no ambiente empresarial.

Caros alunos,
É importante que saibam o quanto foi importante conhecê-los e iniciar nossa atividade de aprender a arte de redigir gêneros textuais voltados para as atividades empresariais.
Espero que juntos possamos desenvolver as habilidades de produção textual de atas, memorandos, ofícios...
Tive uma idéia e quero compartilhar com vocês. Pensem com carinho em minha proposta e em nossa próxima aula decidimos, em grupo, a possibilidade de colocá-la em prática.
Criaremos na turma uma empresa fictícia, criaremos um nome interessante e original para “registrá-la”. Vão pensando...
Dividiremos a turma em grupos e cada grupo representa um departamento da empresa, com seus respectivos funcionários ( chefes, secretários, assessores...) e produziremos os textos que irão circular no ambiente empresarial com todas as características que lhe são peculiares e passarão pelo revisor de textos.
Espero que tenham acessado o site sugerido e tenham lido o artigo com atenção e a necessária curiosidade de quem busca excelência em sua atuação profissional. Na próxima aula vou ouvi-los e juntos compreenderemos o que é gênero é o que é suporte textual. Como havia prometido,segue o conteúdo de nossa aula inaugural.
Afetuoso abraço, Rosa Maria

Os gêneros textuais do contexto empresarial.
Aprender é interpretar a cultura, é compreender e apreender a realidade.
Para compreender os gêneros textuais, faz-se necessário reconhecer algumas das situações e conceitos elementares e fundamentais na concepção que adotamos nesta disciplina, entre eles, ressaltamos:

Intergenericidade
Os gêneros se imbricam e interpenetram para constituírem novos gêneros. Ou ainda quando um gênero assume a função ou a forma de outro, tendo em vista o propósito da comunicação. Exemplo: o gênero epígrafe pode ser constituído de um poema, uma frase, um conto. O que vai fazer com que seja considerado uma epígrafe é o lugar em que o texto aparece.

Heterogeneidade tipológica

um gênero com a presença de vários tipos textuais. Como já antes dito, em um gênero podem estar presentes diferentes tipos de textos: narrativo, argumentativo, descritivo, injuntivo, entre outros.

Intertextualidade

Um texto que resgata textos anteriores (de conteúdo e/ou tipológica). É comum no processo de escrita escrevermos um texto recorrendo a outro(s) texto(s). A intertextualidade pode ser explícita, quando há citação da fonte do texto primário, como ocorre nos discursos relatados, nas citações, nos resumos e implícita sem citação expressa da fonte, cabendo ao leitor recuperá-la para construir o sentido do texto. Esse recurso é muito usado na publicidade, no humor, na canção popular...

Suportes
Locais onde os gêneros são veiculados, como um jornal, um livro ou uma revista.
é imprescindível para que o gênero circule na sociedade.
não determina o gênero, mas esse exige um suporte especial.
“entendemos como suporte de gênero um lócus físico ou virtual com formato específico que serve de base ou ambiente materializado como texto”. Exemplos: outdoor, encarte, folder, luminosos, embalagens etc.
( Marcuschi ,2008

Mecanismos linguísticos

Marcas lingüísticas mais ou menos estereotipadas identificáveis em cada gênero.
são marcas, muitas vezes, historicamente, construídas nas práticas sociais que têm características próprias tanto na fala como na escrita.
Exemplos: “Era uma vez...” (abertura de narrativa); “Prezado amigo” (começo de uma carta); “Atenção” (aviso).

Domínios discursivos

contextos e situações (cenários) para as práticas sociodiscursivas.
Constituem práticas discursivas nas quais podemos identificar os gêneros textuais próprios ou específicos como rotinas comunicativas institucionalizadas e instauradoras de relações de poder
(MARCUSCHI, 2008).

Os Gêneros textuais que circulam com mais freguência na empresa:

Ata
Atestado
Aviso
Bilhete
Informativos impressos
Cartas profissionais
Circular
Reuniões presenciais
E-mails
Memorando
Net-meeting
Ofício
Procedimento
Protocolo
Relatório
Requerimento
Telegrama
Videoconferência


Referência:

OS GÊNEROS TEXTUAIS NA ATIVIDADE EMPRESARIAL DA ERA DIGITAL.

Cilda Magaly de Lucena Palma, Dissertação de Mestrado, UFPE
Orientanda de MARCUSCHI, 2004, Recife PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: