quarta-feira, 14 de abril de 2010

Eu quero e mereço a felicidade!




METAMORFOSE


Mudança é um dos temas que mais me encantam e desafiam o meu viver. Talvez por isso sempre tive uma fascinação pelas borboletas. A Pipa e a Flor, história de Rubem Alves,fala de uma flor, que na verdade era uma linda borboleta, e que fora enfeitiçada.O castigo era viver e morrer sem poder sair de seu lugar.
O mais interessante a respeito das mudanças em nossa existência é que temos plena noção de que elas são necessárias para a nossa evolução, mas por nos tirarem da nossa área de conforto, despertam-nos o medo do desconhecido, o que acaba por nos sabotar muitos passos para o progresso.

É preciso estar consciente de que sem mudança não há crescimento, apenas estagnação e, no campo profissional, até um retrocesso, que pode acarretar muitos fracassos e desilusões. Sabendo disso, aprendi a acordar a cada manhã com a vida aberta para as mudanças e surpresas, sem medo de ousar um pouco mais e sem ansiedade por rápidos resultados, porque as grandes transformações acontecem através de pequenos detalhes que muitas vezes não percebemos. Como dizem os chineses, o importante é não ter medo de mudar lentamente, e sim de ficar parado.

Para assimilarmos melhor as mudanças que possam surgir em nossa vida, precisamos ser pessoas mais preparadas, sabendo que, para mudar alguma coisa, sempre haverá ganhos e perdas no processo. Entendi que nada vai mudar no meu mundo se eu não me dispuser primeiro a mudar minhas atitudes e o meu olhar crítico em relação às pessoas e situações. Sei que sou "rosa" E não vou me tornar uma “borboleta” – aquela pessoa maravilhosa que quero e posso ser – enquanto continuar a agir como uma “lagarta” dentro de meu casulo. E, mesmo que essa metamorfose seja um pouco dolorosa, sei que é melhor tomar a iniciativa e mudar enquanto é tempo do que ser mudada pela força das circunstâncias. Estou focada em meu crescimento, na minha liberdade, no meu potencial e me atrevo a mudar.Acredito que uma transformação que me traga realização pessoal e felicidade com certeza fará de mim uma pessoa muito mais entusiasmada, de bem com a vida e generosa. Fará bem a mim e ao mundo à minha volta! Como diz o grande escritor Rubem Alves, “Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses.”

Rosa Maria Olimpio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: