domingo, 4 de abril de 2010

Avaliação do Gestar em MS

Dois pra cá e dois pra lá

Pare um instante e venha me escutar
Porque agora eu vou falar do Gestar
De uma esperança a fio de cortina
Fez-se uma dança que a todos anima

Traziam sempre a música pronta
Mas dançava o povo ritmo que desaponta:
“Dance assim!” Dizia o maestro
Falando aos dançantes de perto.

Resolveram então, trocar a batida
Agora, ela toca em outra medida
Num ritmo sempre a negociar:
Ora toca quem manda, ora quem vem para dançar.

Nesse novo compasso,
O pé não vai só pra lá,
Há sempre uma troca de passos
Dois pra cá e dois pra lá.

Os dançantes compõem agora nova simetria
Deu a UnB, seus passos a Três Lagoas (MS)
Três Lagoas deu seus passos à Brasília
Até que uma falha no sistema bloqueasse a melodia

O maestro seus músicos abandonou
Alguém sempre a perguntar:
”O maestro, alguém encontrou?”
Mas outro maestro chegou.
E com que maestria, nova canção ensinou.

E meio à noite, quando o passado do dia se inicia
e o futuro também
Encontraram-se os dançantes
Num delicioso vai e vem:
Compasso que lapida, da alma, o diamante.

Marcos C. Uchôa

13/11/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: