quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Portifólio (Considerações importantes)

ELEMENTOS NECESSÁRIOS AO PORTFÓLIO.
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.
[...]
Um portfólio é muito mais que um arquivo cheio de coisas. É uma coleção sistemática e organizada de evidências usadas pelos docentes e alunos para acompanhar o desenvolvimento cognitivo, psicomotor e afetivo do aluno numa área específica.
É, caracteristicamente, uma compilação de vários trabalhos produzidos e colecionados durante a experiência em determinado curso, juntamente com ensaios auto-reflexivos escritos especialmente para o portfólio. Os trabalhos são usados para demonstrar habilidades específicas, competências e valores que sejam consistentes com as metas e objetivos do programa ou da universidade.
Um portfólio deve conter Alguns elementos como: capa, folha de rosto, sumário, introdução, desenvolvimento e conclusão.

Capa: deve conter informações como instituição, nome completo do autor, local (cidade) e ano;
Folha de rosto: apresenta os elementos necessários à identificação do trabalho e deve conter o nome do autor (em caixa alta), nome do professor (em caixa alta), finalidade do portfólio, local (cidade), data (mês e ano);
Sumário: é a enumeração das divisões e capítulos, na ordem que se encontra no trabalho e com indicação da página inicial correspondente;
Introdução: é uma justificativa, onde você vai explicar o que é o trabalho, a importância dele;
Desenvolvimento: deverá conter as atividades do programa GESTAR que foram aplicadas com os alunos; a análise do professor sobre as atividades aplicadas e parecer crítico sobre as etapas do projeto apresentado ao GESTAR e aplicado na unidade escolar.
Conclusão: é a parte onde se deve fazer as considerações finais com relação ao portfólio e expor o que deste acrescentou e a importância da elaboração do trabalho.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PORTFÓLIO

1. Apresenta um conjunto organizado dos trabalhos.
2. Revela criatividade.
3. A justificativa evidencia um texto pessoal, coerente, revelando a real intenção do trabalho.
4. Apresenta todas as atividades solicitadas pelo programa.
5. Apresenta análise crítica e reflexiva sobre as atividades aplicadas.
6. O trabalho apresentado revela boa utilização das atividades e estratégias apresentadas pelo programa.
7. Revela atitude interacionista, com mediações constantes, durante as atividades descritas.
8. Descreve as etapas do projeto elaborado para o Programa.
9. Comprova as etapas do projeto ou das outras atividades realizadas com fotos e atividades anexas.
10. Atendeu ao cumprimento dos prazos (pontualidade).
11. Apresenta conclusão e avaliação do seu crescimento durante o processo.
12. Apresenta conclusão e avaliação do crescimento do aluno durante o processo.

Referências bibliográficas:
BARBOSA, A. A S M. Amara & EMÍLIA, A. A dissertação e o pensamento lógico. In: Escrever é desvendar o mundo. 2ª edição,Campinas. São Paulo: Papirus, 1987.
BLACKBURN, R.& PUTTEN, J.V.& PENNA F. T. Avaliação de docentes e do ensino. Brasília UNB/Cátedra da UNESCO de Educação a Distância. 1988.
CASTRO, Edmilson. A produção do registro do educador: decifrando sinais. Espaço Pedagógico. SP: 2001.
CARVALHO, M C. M de Metodologia Científicos Fundamentos e Técnicas. 4ª Ed. Campinas. SP: Papirus, 1994.
CENPEC – Centro de estudos e Pesquisas para Educação, Cultura e Ação Comunitária. Importância e função do registro. Ensinar e Aprender. SP: 2000.
FREIRE, Madalena. O papel do registro na formação do educador. Diálogos Textuais. Espaço Pedagógico. SP 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: