domingo, 1 de novembro de 2009

Janete, você coloriu de estrelas o meu chão!

" Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais..." (Rubem Alves)

Afetuoso abraço,
Rosa Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário abaixo: